BLOG

Home > Blog > COBRANÇA > Sua factoring está conseguindo…
COBRANÇA FOMENTO COMERCIAL

Sua factoring está conseguindo recuperar os recebíveis?

Quando uma factoring começa a ter problemas com seus recebimentos é preciso urgentemente analisar esta situação com mais seriedade, o impacto que isso pode representar no fluxo de caixa da empresa, pode ser tão devastador quanto um Tsunami impossível de se controlar. Precisamos definir ações que nos levem a impulsionar os devedores apagar o que devem de uma forma rápida e eficaz. O maior problema está na forma de fazer esta cobrança. É essencial compreender que uma cobrança amigável, surte muito mais efeito do que uma cobrança abusiva, que tende a colocar em risco a recuperação do ativo.

Neste artigo falaremos sobre:

  • A importância da mentoria empresarial.

  • Análise de carteira

  • Cobrança amigável e extra judicial

  • Vale a pena terceirizar a cobrança

Boa leitura!

A importância da mentoria empresarial para uma factoring.

Gerenciar uma empresa de factoring, não é fácil, principalmente nesse seguimento de fomento comercial onde existem muitas peculiaridades. A mentoria empresarial seja ela no início do seu negócio, expansão ou em momentos mais críticos da sua empresa, é uma ferramenta extremamente útil e fundamental para auxiliar o desempenho estratégico com ações mais precisas, para se alcançar os resultados esperados. A maioria das empresas tendem a agravar esta situação, por esperarem o problema acontecer, quando deveriam repensar suas ações e tentar reverter a situação, antes que os reflexos sobre o negócio sejam afetados de uma forma irrefreável. Contar com o apoio de um profissional experiente nesse segmento pode ser decisivo para mudar a realidade da empresa, podendo inclusive reverter um caso de fechamento de portas por não estar preparada para lidar com as incertezas da economia.

Análise de carteira

A análise de carteira é um procedimento que toda factoring deveria fazer de uma maneira eficaz. Definir as características de cada inadimplente pode ser uma estratégia essencial para o sucesso da cobrança. Cada empresa deve ter em mente que traçar os perfis de seus clientes devedores vai ajudá-los a entender como e por que esses deixam de honrar suas dívidas. Essas variações de perfis, devem ser separados em grupos.

Devedor ocasional: É um perfil que não costuma atrasar ou deixar de pagar. São atrasos relacionado a problemas inesperados. Muitas vezes sente-se constrangido com a situação querendo resolver o mais rápido possível.

Devedor crônico: São os que mais dão trabalho os profissionais de cobrança. Desorganizado em suas finanças, sua principal característica é  estar sempre em atraso. Na maioria das vezes a com uma ação efetiva de cobrança, paga o débito.

Devedor negligente: Descontrolado, adquire mais dívidas do que pode pagar. Não dispõe de condições imediatas de pagamento e ou acordo para quitar seu débito. De altíssimo risco de manter sua inadimplência por um longo período ou representar uma perda irreversível a sua empresa.

Mau pagador: Menos afetados por ações de cobrança, ficar inadimplente, não representa grande problema. Desta forma se torna um grande desafio recuperar esse ativo, pois não se consegue estabelecer um contato ou diálogo para uma negociação.

Sabendo da realidade e perfil de cada devedor, você terá melhores condições de fazer uma oferta condizendo com a situação financeira de cada cliente.

Como fazer uma cobrança amigável e extra judicial eficaz.

Uma vez que a análise de carteira foi organizada e definida, começam os preparativos para iniciar a recuperação desses recebíveis. O primeiro passo é a cobrança amigável, um tipo de cobrança que não envolve processo judicial.

E é nesse ponto que tudo começa, muitas factoring ficam tão desesperadas em tentar recuperar aquele ativo, que não se dão conta da maneira como está sendo conduzida está cobrança, correndo o risco de não receber ou perder o cliente para um concorrente. Os profissionais responsáveis pela cobrança amigável precisam ter em mente que cobrar um cliente é basicamente uma ciênciana qual precisa ser lapidada diariamente. Precisamos entender que clientes, e empresas, passam por momentos de dificuldades e escassez financeira. Porém não significa que eles não têm o interesse de quitar as suas dívidas. Ocorre que muitas vezes, o próprio devedor se sente constrangido perante esta situação, querendo resolver o mais rápido possível.

Nenhuma abordagem deve ser feita de forma desrespeitosa e agressiva, isso pode significar o rompimento definitivo de uma relação e aquele indivíduo vai deixar de ser cliente, mesmo depois que a situação venha a melhorar.

Toda via, se a empresa se mostra parceira do devedor, realizando uma cobrança amigável e buscando encontrar alternativas viáveis para que o débito seja quitado, essa pode ser uma forma eficaz de fortalecer os laços e garantir a fidelização. Não podemos esquecer que um cliente fiel é um dos maiores bens de qualquer empresa.

Uma vez constatado que o devedor não tem interesse em negociar de forma amigável, a factoring atua em uma segunda linha de cobrança, a cobrança judicial. Mas como fazer uma cobrança judicial se a cobrança amigável foi mal feita e nos resta como última opção uma cobrança judicial?  Esse é um desafio, afinal, nenhuma empresa quer chegar ao ponto de ter que cobrar judicialmente um cliente. Isso demanda tempo, gasto, muita burocracia e consequentemente o rompimento de bom relacionamento comercial que possa existir.

É possível terceirizar a cobrança de minha factoring?

Uma vez que você entende como funciona o universo da recuperação de recebíveis no fomento comercial, você entenderá o quão importante é fazer uma cobrança eficaz. O maior desafio da factoring é encontrar profissionais realmente capacitados, especialistas no segmento, e isso se torna ainda mais difícil quando o assunto é gestão do setor de cobrança, e é nesse ponto que a inadimplência excede os recursos  que estão disponíveis de um gestor e exige que novas providências sejam tomadas  Essa pode ser uma alternativa eficiente para casos crônicos de inadimplência, para dívidas antigas, ou para quem trabalha com valores mais expressivos.

Conclusão

Acompanhar as mudanças e ao mesmo tempo enfrentar os avanços da inadimplência, será um grande desafio. Precisamos nos preparar para ouvir o devedor. Compreender que nosso maior objetivo é recuperar o ativo sem perder o cliente.

A falta de profissionais qualificados, quando se fala de cobrança, principalmente no fomento comercial, pode ser uma armadilha para sua empresa. Utilizar formas ultrapassadas para cobrar devedores, pode interferir drasticamente na recuperação desses ativos. Precisamos levar em consideração que não basta apenas fazer a cobrança, é necessária muita negociação, está a melhor estratégia. Apresentar uma proposta estruturada, aperfeiçoá-la ao longo da negociação, entender a situação de quem está devendo, e as possibilidades de quitação, é o caminho.

Ficar apenas “me pague agora”, pode ser que a empresa nunca mais veja a cor do dinheiro, ou talvez, quiçá consiga isso após muito custo, tempo e desgaste de ambas as partes. Se Cobrar um cliente é basicamente uma ciência, talento não é para qualquer um, talvez esse seja, um dos principais pré-requisito que devemos observar quando se trata de se fazer uma cobrança.

Ficou interessado em saber mais sobre mentoria, análise de carteira ou quer saber como terceirizar a sua cobrança? Fale com um especialista da Cobrafac.

Continue acompanhando nosso blog e redes sociais para mais conteúdos sobre o fomento comercial
Siga-nos nas redes sociais: Instagram , Linkedin e Facebook

Assine nossa newsletter e não perca nada!

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DESTES ARTIGOS:

Mais em Cobrafac

Indicadores de cobrança para sua empresa do fomento.

5 gatilhos mentais para usar na cobrança

Vale a pena terceirizar cobrança de minha Factoring, Securitizadora, FIDC ou ESC?

Sua factoring está conseguindo recuperar os recebíveis?

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *