BLOG

Home > Blog > COBRANÇA > A cobrança na pandemia
COBRANÇA

A cobrança na pandemia

Com a taxa de desemprego atingindo 14,4 milhões de brasileiros, o setor de cobrança sofre muitos desafios durante a pandemia, as dificuldades vão de encontrar o devedor a negociar um valor a ser pago.

Nesse artigo, contaremos um pouco sobre a nossa experiência com a cobrança na pandemia e como estamos contornando esses desafios para manter nosso padrão de qualidade de cobrança e recuperação de ativos.

O devedor e as suas histórias.

Encontrar um devedor nunca foi uma tarefa simples, principalmente quando se trata de uma cobrança mais antiga. Por isso é necessário as empresas de cobrança se atualizarem e utilizarem ferramentas de atualização cadastral para manter o contato do devedor em dia. Além disso, um trabalho interno com disparo de e-mails e whatsapp pode ser feito para atualizar o contato desse devedor. 

Uma vez contatado é iniciado a cobrança, e é nesse momento que muitos profissionais em cobrança acabam ficando sem reação, pois, histórias são contadas, muitas das vezes verdadeiras, outras nem tanto. Mas como saber se a história contada pelo seu cliente é verdadeira? Infelizmente não tem como, e dependendo do que for dito não cabe ao profissional de cobrança validar essas informações. Por isso o caminho é sempre o mesmo, empatia, o profissional de cobrança deverá ter paciência para escutar a história do devedor e empatia para saber como cobrá-lo, mesmo em condições tristes, nesses caso o foco tem que ser em manter o devedor ciente e comprometido com a dívida.

Gatilhos mentais na cobrança

Como manter o cliente comprometido com a sua dívida

Em tempos difíceis temos que nos reinventar, é necessário que as empresas de cobranças e seus clientes criem alternativas, ferramentas de negociação para que o profissional de cobrança possa manter esse comprometimento com a dívida junto ao devedor. 

As negociações variam entre diminuir o valor das parcelas dos próximos X meses e criando novas parcelas ou aumentando o valor das parcelas posteriores àquela negociação, redução de juros e multas, renegociação total da dívida, desconto de X% para parcelas pagas em dia, ou em casos mais graves até mesmo suspender as parcelas de um determinado período com o compromisso de retorno de contato daquele devedor em X período. 

Conclusão

É necessário que as empresas ativem seu lado humano durante uma pandemia, tendo mais empatia na hora de cobrar e tentando da melhor forma possível oferecer condições de pagamento ao seu devedor. Por mais que em alguns casos não seja o mundo ideal para a cobrança e suas metas, entre, perder o cliente de vez e mantê-lo comprometido com a dívida, é necessário repensarmos. 

Assine nossa newsletter e não perca nada!

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DESTES ARTIGOS:

Mais em Cobrafac

Quais tipos de empresas mais utilizam os serviços de factoring?

Gestão de negócios em tempos de pandemia

Posso fazer a cobrança pelo whatsapp?

Indicadores de cobrança para sua empresa do fomento.

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *